EaD Freiriana - Paulo Freire em Tempos de Fake News

Curso ‘Paulo Freire em tempos de fake news’

16 videoaulas com importantes representantes da práxis freiriana da atualidade, no Brasil e no mundo

        Paulo Freire sempre ressaltou que o futuro não é determinação. É possibilidade: "O mundo não é; o mundo está sendo". Frente à violência, ao silenciamento, defendeu o direito à liberdade de expressão, ao pensamento crítico. Inspirados no legado que ele nos deixou, o Instituto Paulo Freire vem trabalhando nessa direção e, agora, a partir de algumas das questões que tem chegado até nós, questionando o legado de Paulo Freire, bem como de reações muitas vezes desrespeitosas e violentas em relação ao legado freiriano, apliaremos o diálogo por meio do curso ‘Paulo Freire em tempos de fake news’. Trata-se de um convite à esperança na educação humanista, emancipadora, transformadora, que pretende ser um espaço para muitas perguntas, bem como para a produção de novos conhecimentos sobre o tema, por parte de docentes e cursistas da EaD Freiriana.

Período de Realização: de 2 de maio a 24 de junho de 2019.

Formato: 16 videoaulas, de 15 a 30 minutos cada, 100% online

Exibição das Videoaulas: todas às segundas e quintas-feiras, a partir de 2 de maio, até 24 de junho. As videoaulas ficarão disponíveis até dia 31/07/2019.

Conteúdos: serão 18 aulas sequenciais, organizadas em 16 videoaulas, todas tendo como tema Gerador “Paulo Freire em tempos de fake news”, além de uma abordagem específica, definida pelos docentes.

Docentes: Afonso Celso Scocuglia (UFPB, Brasil), Aléssio Surian e demais docentes (Centro Paulo Freire de Padova, Itália), Ângela Biz Antunes (IPF, Brasil), Carlos Rodrigues Brandão (Unicamp, Brasil), Florenço Varella (IPF, Cabo Verde), Francisca Pini (IPF, Brasil), Guillermo Williamson (Univ. de La Frontera, Chile), Ismar Soares (ECA-USP, Brasil), Jaciara de Sá Carvalho (Unesa, Brasil), Jason Mafra (UniNove e IPF, Brasil), José Eustáquio Romão (Uninove e IPF, Brasil), Ladislau Dowbor (PUC-SP, Brasil), Luiza Cortesão (Univ. Porto, Portugal), Moacir Gadotti (IPF, Brasil), Oscar Jara (CEAAL, Peru e América Central), Paulo Roberto Padilha (IPF, Brasil), Sheila Ceccon (IPF, Brasil) e Sonia Couto (IPF, Brasil).

Total de até 90 horas de curso, sendo: 45 horas para quem assistir e apresentar comentários reflexivos e críticos para as 16 videoaulas do curso, além de participar das transmissões 3 (três) transmissões ao vivo; 45 horas - para quem participar dos dois chats de orientação e optar por ser co-autor(a) do e-book do curso com artigo ou projeto de intervenção, individual ou em dupla.

Bônus no ato da inscrição no curso: Ao se inscrever no curso, você receberá o pdf do livro “Paulo Freire e Amílcar Cabral: a descolonização das mentes”, de José Eustáquio Romão e Moacir Gadotti. São Paulo, Ed,L, 2012.



Quer saber mais sobre o Curso ‘Paulo Freire em tempos de fake news’? Clique aqui e baixe o arquivo em PDF.

Confira a programação e cada um dos 16 docentes do Curso ‘Paulo Freire em tempos de fake news’



1 A noção de fake news, de pós-verdade e as contribuições de Freire à educação

Data da Exibição Inicial: 02/05/2019
Docente: Moacir Gadotti (IPF, Brasil)

2 Contribuições de Paulo Freire às ideias pedagógicas

Data da Exibição Inicial: 06/05/2019
Docente: Luiza Cortesão (Univ. Porto, Portugal)

3 Educomunicação: uma herança dialógica freiriana

Data da Exibição Inicial: 09/05/2019
Docente: Ismar Soares (ECA-USP, Brasil)

4.1 Acervo Paulo Freire: patrimônio documental da humanidade

Data da Exibição Inicial: 13/05/2019
Docente: Ângela Biz Antunes (IPF, Brasil)

4.2 O Círculo de Cultura como referência de metodologia ativa: por uma Pedagogia Intertranscultural

Data da Exibição Inicial: 13/05/2019
Docente: Paulo Roberto Padilha (IPF, Brasil)

5 Bases e conexões do pensamento de Paulo Freire

Data da Exibição Inicial: 16/05/2019
Docente: Afonso Celso Scocuglia (UFPB, Brasil)

6 Contribuições de Paulo Freire às ideias pedagógicas globais

Data da Exibição Inicial: 20/05/2019
Docente: Florenço Varella (IPF, Cabo Verde)

7 Resgatar o poder do conhecimento

Data da Exibição Inicial: 23/05/2019
Docente: Ladislau Dowbor (PUC-SP, Brasil)

8 Contribuição de Paulo Freire à Educação em Direitos Humanos

Data da Exibição Inicial: 27/05/2019
Docente: Francisca Pini (IPF, Brasil)

9.1 Paulo Freire no contexto do "Império contra-ataca"

Data da Exibição Inicial: 30/05/2019
Docente: Jason Mafra (UniNove e IPF, Brasil)

9.2 Paulo Freire: um método ou uma filosofia?

Data da Exibição Inicial: 30/05/2019
Docente: Oscar Jara Holliday (CEAAL, Peru/América Central)

10 O pensamento de Paulo Freire está ultrapassado?

Data da Exibição Inicial: 03/06/2019
Docente: Guillermo Williamson (Univ. de La Frontera, Chile)

11 A atualidade da metodologia freiriana para Educação de Jovens, Adultos e Idosos

Data da Exibição Inicial: 06/06/2019
Docente: Sonia Couto (IPF, Brasil)

12 O pensamento vivo e generativo de Paulo Freire

Data da Exibição Inicial: 10/06/2019
Docente: Aléssio Surian et all (Centro Paulo Freire de Padova, Itália)

13 A atualidade de Paulo Freire na perspectiva da educação ambiental

Data da Exibição Inicial: 13/06/2019
Docente: Sheila Ceccon (IPF, Brasil)

14 Introdução ao fenômeno fake news e às contribuições de Paulo Freire para combatê-lo

Data da Exibição Inicial: 17/06/2019
Docente: Jaciara de Sá Carvalho (Unesa, Brasil)

15 Paulo Freire frente a onda neoconservadora mundial

Data da Exibição Inicial: 20/06/2019
Docente: José Eustáquio Romão (Uninove e IPF, Brasil)

16 Paulo Freire em contextos de ditaduras

Data da Exibição Inicial: 24/06/2019
Docente: Carlos Rodrigues Brandão (Unicamp, Brasil)




Vantagens de participar do Curso ‘Paulo Freire em tempos de fake news’

  • • Aulas 100% online; estude onde quiser e no horário que for melhor para você!
  • • 16 videoaulas de 15 a 30 minutos cada, sempre disponibilizadas às segundas e quintas-feiras, na Plataforma do Curso.
  • • Já na inscrição você ganha o PDF do livro “Paulo Freire e Amílcar Cabral: a descolonização das mentes”, de José Eustáquio Romão e Moacir Gadotti (2012).
  • • Após o término do curso, você tem 30 dias para assistir às videoaulas e fazer seu comentário reflexivo para receber o certificado. E mais 30 dias para acessar todas as videoaulas do curso.
  • • Três encontros presenciais (para quem quiser participar e for sorteado/a) de lançamento, meio de curso e encerramento do curso, na sede do Instituto Paulo Freire, com duração de 1h30 min, e transmissão em tempo real.
  • • Curso com 18 docentes, mestres, doutores(a), pós-doutores e livre docentes, importantes representantes da práxis freiriana da atualidade, no Brasil e no mundo.
  • • Bônus durante todo o curso. Serão disponibilizados vários textos (PDFs de livros e cadernos de formação de docentes dos cursos, além de vídeos e textos do acervo Paulo Freire e dos docentes do curso
  • • Opção de participar como co-autor(a), individualmente ou em dupla, com artigo ou projeto de intervenção do E-book do curso. O E-book, com registro ISBN, receberá prefácio de Moacir Gadotti e posfácio de Paulo Roberto Padilha e Ângela Antunes.
  • • Orientações metodológicas para a produção de artigo ou projeto de intervenção pela Plataforma do curso, dois chats para aprofundamento teórico-prático relacionado às produções e revisão dos textos produzidos.
  • • E-book lançado nacional e internacionalmente, no mês de setembro de 2019, em que se comemora 98 anos de nascimento de Paulo Freire. O E-book será disponibilizado no site, no Facebook do Instituto Paulo Freire e da EaD Freiriana, bem como no Acervo do Centro de Referência Paulo Freire.
  • • Certificação com validade digital, em pdf, pelo Instituto Paulo Freire e Universitas Paulo Freire, que poderá chegar a 90 horas – equivalente a 6 (seis) créditos-atividades, de 15 horas cada crédito.
  • • Interação permanente com a equipe pedagógica, por e-mail e pela plataforma do curso, e também por whatsapp com a equipe do Suporte Técnico.
  • • Interatividade permanente entre todos(as) os(as) cursistas, pela Plataforma do curso.

Investimentos no Curso
‘Paulo Freire em tempos de fake news’

Além de participar do curso, com todas as mediações e interações previstas, o(a) cursista tem ainda a opção de participar como co-autor(a) de um e-book intitulado “Paulo Freire em tempos de fake news”, produzindo seu artigo ou projeto de intervenção, individualmente ou em dupla.
Este e-book terá como prefaciador o professor Moacir Gadotti e será uma publicação registrada, com ISBN e que dará ao(à) participante horas extras na certificação no final do curso.

Curso Completo

de R$297,00
por R$ 222,00


Curso Completo
+
Publicação de Artigo ou Projeto de Intervenção em Dupla

de R$547,00
por R$ 472,00 *

*por pessoa

Curso Completo
+
Publicação de Artigo ou Projeto de Intervenção Individual

de R$647,00
por R$ 572,00


O valor do curso poderá ser pago à vista, com boleto ou cartão de crédito, ou com cartão de crédito em até 3 parcelas, sem juros. Parcelando de 4 a 10 vezes, há juros cobrados pela operadora do cartão.

Materiais de Apoio

Reinventando Freire
Moacir Gadotti e Martin Carnoy (org), 2018, 478p.

A escola dos meus sonhos
de Moacir Gadotti, 2019, 144p. (Lançamento)



Ao clicar no botão, colocar como assunto do e-mail
"Quero adquirir o Material de Apoio"

Entrega gratuita para Endereços no Território Nacional

Conheça os educadores da Curso
‘Paulo Freire em tempos de fake news’

Afonso Celso Scocuglia

Mestre em Educação (UFPB), Doutor em História (UFPE), Pós-Doutorado em Ciências da Educação (Université de Lyon, França, 2009) e Pós-Doutorado em História e Filosofia da Educação (Unicamp, 2010), Scocuglia é professor titular da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e professor visitante da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Foi professor visitante da Universidade de Buenos Aires entre 2010 e 2016. Implantou e coordenou a Cátedra UNESCO de Educação de Jovens e Adultos e o Centro de Referência de Educação de Jovens e Adultos: História e Memória - Nordeste/Brasil. Tem se dedicado nos últimos anos às pesquisas nos Arquivos da ditadura militar no Brasil (1964-1985), cujo trabalho resultou em diversas publicações (artigos e livros).

Aléssio Surian e demais docentes: Aline Galvão, Mariateresa Muraca, Andrea Giro, Fabiano Ramin, Giovanni Lago, Michele Silvestrin (escrita coletiva) - Centro Paulo Freire de Pádova

Aléssio Surian é doutor em Ciências da Educação e membro ativo do Grupo Pádova Freire e do Fórum Mundial de Educação. Trabalha como professor associado na Universidade de Pádova, onde ensina e realiza pesquisas desde 2001. É membro do comitê diretivo do Centro Interdepartamental de Estudos Interculturais e Migratórios. Colabora com a Universidade de Buenos Aires, com o Conselho Latinoamericano de Ciências Sociais (CLACSO) (como membro do corpo docente do Curso de Políticas Públicas para Igualdade) e com Grupos de Interesse Especial sobre Interação Social e sobre Aprendizagem em contextos culturalmente diversos da Associação Europeia de Pesquisa em Aprendizagem e Instruções. É consultor do Programa Cidades Interculturais do Conselho da Europa. Contato: alessio.surian@unipd. Internet: https://www.researchgate.net/profile/Alessio_Surian.
Andrea Giro é doutor em Ciências Agrárias, trabalha como pesquisador em horticultura na Universidade de Pádua, com cultivo hidrópico e nutrição de plantas. Colabora com o laboratório de cooperação internacional "DEVELO" da Universidade de Milão e é membro da ONG Liveinslums, desde 2014.
Aline Carolina Galvão é membro ativo do Grupo Pádova Freire; doutora em Agronomia - Horticultura pela Universidade de Padova. Atualmente colabora com pesquisas na área de horticultura de baixo impacto e adaptação de variedades ao sistema orgânico de produção.
Giovanni Lago é um membro ativo do Grupo Pádova Freire e da Rede Freire Boal da Itália. Trabalha como professor de língua italiana, história e geografia no ensino médio.
Mariateresa Muraca é doutora em Ciências da Educação pela Universidade de Verona e em Ciências Humanas pela Universidade Federal de Santa Catarina. Membro do Centro de Documentação Paulo Freire de Pádova e da Rede Italiana Freire-Boal. É professora no Instituto Universitário Giorgio Pratesi e colabora com a Universidade de Verona. É membro do Grupo de Pesquisa Interinstitucional e Internacional MOVER (movimentos sociais e pedagogia intercultural) e da comunidade de pesquisa da revista Educação Aberta.
Michele Silvestrin é atriz e diretora Socio Di Giolli Cooperativa Social - Centro De Pesquisa e Experimentação Teatral nos Métodos de Boal e Freire. Baseados Em Parma (Itália); Membro do grupo "P. Freire" de Pádua. Desde 2000 vem praticando o Teatro dos oprimidos nas escolas, nas comunidades acolhedoras e nas cooperativas e associações. A atividade é destinada a adultos, adolescentes e crianças. É uma leitora de poesia / intérprete em vários festivais e professora de comunicação e dicção.

Ângela Biz Antunes

Doutora e mestra em Educação pela Faculdade de Educação da USP (FEUSP-2002 e 1997). Licenciada em Letras (1982), Pedagogia (1985). Participou como colaboradora dos livros Paulo Freire: uma biobibliografia (Cortez, 1996), Educação de jovens e adultos: a experiência do MOVA-SP (MEC/IPF, 1996) e Autonomia da escola: princípios e propostas (Cortez/IPF, 1997). É autora do livro Aceita um conselho: como organizar os colegiados escolares (Editora Cortez, 2002) e Educação Cidadã, Educação Integral: fundamentos e práticas (IPF, 2010), com Paulo Roberto Padilha . Foi professora efetiva da rede estadual e municipal de ensino de São Paulo, bem como da rede privada por mais de dez anos. Pesquisadora e palestrante com ênfase na participação popular, educação para e pela cidadania, democracia participativa, gestão democrática na escola pública, Conselho de Representantes dos Conselhos de Escola (CRECEs), exercícios de cidadania desde a infância e docência na perspectiva freiriana, entre outros. Atualmente, é diretora Pedagógica do Instituto Paulo Freire.

Carlos Rodrigues Brandão

Nasceu no Rio de Janeiro em 1940. Envolveu-se com cultura e educação popular de seu ingresso no Movimento de Educação de Base (MEB), em janeiro de 1964. Desde então participa até hoje como assessor e como autor de livros e escritos sobre a Cultura e Educação Popular. É formado em Psicologia. Possui Mestrado e Doutorado em Antropologia e é professor do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da Universidade Estadual de Campinas. Nesta mesma universidade está vinculado ao GEPEJA, Grupo de Pesquisa de Educação de Jovens e Adultos.

Florenço Mendes Varella

Professor jubilado da Universidade de Cabo Verde, possui Doutorado em Educação (Portugal) e Mestrado em Ciências da Educação (França). Atua no campo da engenharia da formação, educação e aprendizagem ao longo da vida, cidadania global, desenvolvimento sustentável e participa de seminários, conferências, estudos e avaliação de programas de educação e formação na África, Europa e América Latina. Contato: florencov@gmail.com.

Francisca Rodrigues de O. Pini

Assistente Social e Professora, com Mestrado e Doutorado em Serviço Social, Políticas Sociais pela PUC/SP. Ativista e Pesquisadora em políticas sociais e direitos humanos de crianças, adolescentes e jovens. Diretora Pedagógica do Instituto Paulo Freire, Professora Visitante da Unifesp/B e consultora na Faculdade Paulus de Comunicação (Fapcom); e filiada à ANDHEP.

Guillermo Williamson

Doutor em Educação pela Universidade Estadual de Campinas e mestre em Educação pela Universidade Católica do Chile. Professor Associado do Departamento de Educação e Diretor do Magistério em Desenvolvimento Humano Local e Regional na Universidad de la Frontera, Chile. Cumpriu tarefas de coordenação nacional de programas estaduais de educação e foi Secretário Regional de Educação da Região de La Araucanía, no Chile. Trabalha, pesquisa e publica sobre Educação Intercultural, Juventude e Adultos, educação cidadã e desenvolvimento descentralizado dos territórios . Trabalhou no Nordeste do Brasil com treinamento em organizações cooperativas camponesas e assentamentos de reforma agrária. É colaborador internacional do Instituto Paulo Freire. Contato: guillermo.williamson@ufrontera.cl

Ismar de Oliveira Soares

Jornalista; Doutor em Ciências da Comunicação, pela Escola de Comunicações e Artes da USP (1988), com pós-doutorado junto à Marquette University, Milwaukee, WI, USA (1999-2000); Ressemantizou o conceito da Educomunicação (Pesquisa FAPESP, 1997-1999). A partir de 2000, supervisionou políticas públicas de formação neste campo, em níveis federal, estadual e municipal. Articulou a implantação da Licenciatura em Educomunicação na USP, a partir dos pressupostos freirianos. Recebeu o prêmio Educare 2007, com o título de Educador do Ano no Brasil, a partir da escolha dos internautas. Presidente da ABPEducom, Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais da Educomunicação. Membro do Conselho de Comunicação Social do Congressso Nacional (2015-2017). Contato: ismarolive@yahoo.com. Internet: www.abpeducom.org.br / www.cca.eca.usp.br.

Jaciara de Sá Carvalho

Professora no Programa de Pós-Graduação em Educação da UNESA. É mestre e doutora em Educação pela USP. Trabalhou no Instituto Paulo Freire em projetos envolvendo redes e comunidades virtuais de ensino-aprendizagem entre 2009 e 2012. Integra a Rede Internacional de Pesquisas Críticas em Educação e Tecnologia, sua área de investigação, além do referencial freiriano.

Jason Mafra

Graduado em História. Mestre e doutor em Educação pela USP. Docente e pesquisador nos cursos de mestrado e doutorado em Educação, na Uninove, onde dirige, também, o mestrado profissional em Educação. Coordenou, por 10 anos, a Universitas Paulo Freire, no Instituto Paulo Freire, onde atua como membro do Conselho Internacional de Assessores. É autor de livros e artigos científicos nas áreas de História e de Educação.

José Eustáquio Romão

Graduado em História, pela Universidade Federal de Juiz de Fora (MG) e Doutorado em Educação (1996), pela USP, é diretor fundador do Instituto Paulo Freire e diretor e Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação (Doutorado e Mestrado), na Universidade Nove de Julho (Uninove). Professor visitante de várias universidades estrangeiras. Foi conselheiro do Conselho Nacional de Educação (2013-2016). Autor de mais de dez livros, dos quais se destacam Avaliação dialógica (1998), Dialética da diferença (2000) e Sistemas Municipais de Educação (2010) e de dezenas de capítulos de livros e quase uma centena de artigos publicados em revistas científicas nacionais e estrangeiras.

Ladislau Dowbor

Formado em economia pela Universidade de Lausanne (Suíça) com doutorado pela Escola Central de Planificação e Estatística de Varsóvia. Trabalhou em numerosos países dirigindo projetos da ONU de assessoria em planejamento econômico e social. É autor de dezenas de livros e estudos sobre desenvolvimento sustentável, em particular A Reprodução Social, A Era do Capital Improdutivo, Tecnologias do Conhecimento. Todos os seus trabalhos estão disponíveis online gratuitamente, para uso não comercial, na sua página internet http://dowbor.org. Contato: ldowbor@gmail.com.br

Luiza Cortesão

Professora Emérita da Universidade do Porto, é Professora Catedrática Jubilada da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto. É investigadora do Centro de Investigação e Intervenção Educativas da FPCEUP, Presidente da Direção do Instituto Paulo Freire de Portugal e Coordenadora do Centro de Recursos Paulo Freire da FPCEUP. Desenvolve projetos de investigação e intervenção, na área da educação e diversidade cultural. Como consultora da UNESCO, realizou missões nos PALOP. Tem publicado livros e artigos em revistas nacionais e internacionais. Foi agraciada, pelo então Presidente da República Dr. Jorge Sampaio, com o grau de Grande-Oficial da Ordem da Instrução Pública.

Moacir Gadotti

Fundador e atual Presidente de Honra do Instituto Paulo Freire, é doutor em Ciências da Educação pela Universidade de Genebra (1977) e professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo. É autor de uma extensa obra, incluindo Pedagogia da Terra (2001), Os mestres de Rousseau e Educar para a sustentabilidade, onde desenvolve uma proposta educacional cujos eixos são a formação crítica do educador e a construção da Educação Cidadã numa perspectiva dialética integradora e orientada pelo paradigma da sustentabilidade.

Oscar Jara

Educador popular, licenciado en sociología y doctor en Educación. Doctor Honoris Causa por la Universidad Federal de Rio Grande do Sul. Director de Centro de Estudios y Publicaciones Alforja en Costa Rica. Presidente del Consejo de Educación Popular de América Latina y el Caribe, CEAAL. Participó con Paulo Freire en eventos de Educación Popular en Nicaragua, Argentina y Brasil. Autor de libros y artículos sobre Educación Popular, Metodología, Sistematización de Experiencias, Movimientos Sociales y temas relacionados. oscar.jara_presidencia@ceaal.org www.ceaal.org

Paulo Roberto Padilha

Doutor e mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Pedagogo, bacharel em Ciências Contábeis, músico e compositor musical. Coordena a EaD Freiriana do Instituto Paulo Freire onde trabalha há 24 anos, já tendo sido Coordenador do Movimento da Escola Cidadã, Diretor de Desenvolvimento Institucional e Diretor Pedagógico. Autor dos livros Planejamento dialógico: como elaborar o projeto político-pedagógico da escola; Currículo Intertranscultural: novos itinerários para a educação e Educar em todos os cantos: por uma educação intertranscultural. Como artista, músico e compositor, criou o projeto Transbordarte2033 (vide site: www.transbordarte2033.com.br), onde podem ser encontrados seus CDs musicais).

Sheila Ceccon

Engenheira agrônoma, especialista em Horticultura pela Universidade de Pisa- Itália e mestre em Ensino e História de Ciências da Terra, pela Unicamp. Atua na área de meio ambiente e educação. No Instituto Paulo Freire, desde março de 2010, coordena a UniFreire, é responsável pela dimensão socioambiental de projetos e assessorias e representa a instituição no Movimento de Educação Popular da América Latina e Caribe (CEAAL) e nos Conselhos Internacionais do Fórum Social Mundial e do Fórum Mundial de Educação.

Sonia Couto Souza Feitosa

Mestre e Doutora em Educação pela Faculdade de Educação da USP (FE-USP). É autora do livro Método Paulo Freire, a reinvenção de um legado (Brasília: Liber livros, 2010) e de livros didáticos para EJA na perspectiva freiriana. Tem artigos publicados em revistas acadêmicas e em cadernos pedagógicos para Secretarias Municipais de Educação. É coordenadora do Centro de Referência Paulo Freire que tem como missão socializar e dar continuidade ao legado freiriano. Contato: sonia.couto@paulofreire.org

O INSTITUTO

O Instituto de Educação e Direitos Humanos Paulo Freire é uma associação civil, sem fins lucrativos, fundada em setembro de 2001, em São Paulo - Brasil, que tem por finalidade a promoção da educação e dos direitos humanos.

Compartilhe com suas(seus) amiga(os) para ninguém ficar de fora deste curso! E para fortalecer ainda mais o legado freiriano, ajude na divulgação do Curso ‘Paulo Freire em tempos de fake news’.
• Curta a página da EaD Freiriana no Facebook: https://www.facebook.com/eadfreirianaipf
• Inscreva-se na página do iPF.Tv, no Youtube: https://www.youtube.com/c/iPFTv2018 (acione o sininho para receber notificações)

INSTITUTO PAULO FREIRE DE EDUCAÇÃO E DIREITOS HUMANOS - IPF

 Rua Cerro Corá, 550 - Alto da Lapa
São Paulo/SP - 05061-100

(11) 3021-5536

Criado pela Agência